Incêndio em escritório pode acontecer a qualquer momento, mesmo quando medidas de segurança apropriadas são tomadas, apesar de ser mais provável em um local de trabalho que não se tome nenhuma medida.

Quando um incêndio em um escritório é iniciado, ele tem o potencial de prejudicar pessoas, documentos, equipamentos e instalações, independentemente do tamanho. 

Pesquisa realizada pela NFPA nos EUA entre 2007 e 2011, relataram que 19% dos incêndios em escritórios ocorreram em fins de semana, apesar de ser pequena essa proporção, esses 19% causaram ​​31% da perda de propriedade por incêndio, já que não havia ninguém no local para tomar providências de controle.

Estes resultados destacam a necessidade de detecção automática e equipamentos de extinção para proteger essas propriedades quando elas não estão ocupadas.

Um pequeno incêndio no lugar errado pode ser tão prejudicial como um incêndio que engole todas suas instalações. Por exemplo, um incêndio sala do servidor poderia acabar com todos os dados da empresa em questão de segundos, e um pequeno incêndio na porta de um prédio sem disposições adequadas para saídas de emergência, poderia deixar todo os ocupantes sem poder entrar nem sair.

Ter o equipamento certo e fazer as verificações no local é de vital importância, quando se quer evitar o pior, por isso vamos as 4 (quatro) principais causas de incêndios em escritórios.

 

#01 Equipamentos da cozinha

Fogo na cozinha

A maioria dos escritórios agora têm equipamentos na cozinha: micro-ondas, fogões, fornos e outros dispositivos inflamáveis ​​ou que produzem calor. É muito fácil deixar algo sozinho, e levar a um incêndio que pode se espalhar rapidamente por toda suas instalações.

Como minimizar o risco de incêndio?

  • Tente não deixar comida sem vigilância enquanto cozinha ou aquece;
  • Instale extintores de incêndio em sua cozinha;
  • Instalar e testar regularmente o seu alarme de incêndio (se tiver).

 

#02 Equipamentos elétricos

sobrecarga de tomada

Incêndios elétricos são frequentemente os mais difíceis de detectar, devido à sua ignição quase sempre ocorrer por um defeito ou curto circuito.

Um trabalhador médio não está qualificado para detectar ou corrigir fios danificados, tomadas de corrente sobrecarregadas ou equipamento defeituoso, que são todos perigos que podem levar a incêndios.

Pode parecer óbvio ao ouvir que plugs sobrecarregados ou fios desgastados são um risco de incêndio, mas acontece muitas vezes, tanto no local de trabalho quanto em casa.

 

Como minimizar o risco de incêndio?

  • Realizar uma verificação visual básica de sua fiação, para garantir que as tomadas não sejam sobrecarregadas, e os fios não estejam notavelmente em más condições a ponto de causar curto circuitos.

 

#03 Fumantes

lixeira com fogo

Fumar não é apenas ruim para sua saúde, mas potencialmente prejudicial para a sua empresa, quando visto como um risco de incêndio.

Pesquisas relatam que mais de um terço das mortes em incêndios em edifícios não residenciais foram causados ​​por materiais de fumantes ou isqueiros

Um trabalhador fumante negligente pode colocar fogo em um escritório facilmente, jogando bitucas em lixos, próximos de produtos inflamáveis, próximos de resíduos de papeis e madeiras, etc.

 

Como minimizar o risco de incêndio?

  • Encoraje seus colaboradores a parar de fumar, com cartazes, campanhas, etc.;
  • Coloque um balde de areia para ajudá-los a destinar corretamente suas bitucas;
  • Verifique regularmente e esvazie suas caixas de areia e cinzeiros.

 

#04 Negligencia

incêndio negligencia

Infelizmente no Brasil, a cultura de segurança nas empresas é precária, pouquíssimas empresas têm em suas instalações comissões de prevenção e combate a acidentes no trabalho e segurança contra incêndio.

Por essa falta de informação muitas vezes, amontoa-se equipamentos que aquecem perto de combustíveis inflamáveis, perigosamente materiais inflamáveis são estocados de forma incorreta sem contar com nenhuma forma de contenção ou combate a incêndio. Colaboradores jogam em lixeiras comuns suas bitucas, etc.

Tudo isso colabora para a iniciação de um incêndio, que pode gerar catástrofes como as que ocorreram em Santa Maria.

Então fique alerta, e fique esperto na cozinha, com suas instalações elétricas, treine e disponibilize cinzeiros apropriados para os fumantes, e desenvolva em sua empresa uma cultura de combate a incêndios e a acidentes, orientando seus funcionários, criando seminários, informativos, etc.

 

Referências

http://www.direct365.co.uk/blog/4-common-causes-office-fires/

http://www.nfpa.org/news-and-research/fire-statistics-and-reports/fire-statistics/fires-by-property-type/business-and-mercantile/us-structure-in-office-properties